quinta-feira, 9 de julho de 2009

QUEIMANDO O FILME

Uma obsessão nunca vem sozinha. Uma das coisas que me atraiu de cara em Sofia foi seu amor pela fotografia e pelas coisas do amor, que sempre andavam juntas. No começo, era um filme de 35 mm por mes, com suas 36 poses. Alguns meses eram a cores, outros em branco e preto, mas, em média, havia ao menos uma foto por dia e ainda, ao menos nos meses de 30 dias, 6 dias com dose dobrada e, nos de 31 dias, 5 dobradinhas. Festa, mesmo, era em fevereiro, pois, salvo nos anos bissextos, havia uma semana inteira de repetecos.O objeto fotografado variava sempre. Como acima discretamente enunciado, o ato fotográfico era sempre replicado, no quantitativo e no varietal, por um ato de amor. Ah, no início, eram incontáveis as variações e infinitas as satisfações. Ao fim dos primeiros seis meses, a velha Nikkormat foi trocada por uma Rolleiflex. de segunda mão, mas em bom estado. O espaço do negativo se alargou, mas a quantidade diminuiu. Agora, a cota mensal era de 12 negativos 6x6, com o que a diversão, em geral noturna, só ocorria a cada 3 dias, nos primeiros 18 dias do mes, e a cada 2 dias, nos 12 restantes. No segundo ano, a Rollei foi trocada por uma Fuji 6x9. Mais definição, mais espaço, menos fotos, agora eram 8 no mes, apenas 2 por semana.Por mais que Sofia apregoasse as virtudes do filme 120, meu corpo jamais se conformou com tal ritmo. Agora, Sofia achou num armário a velha Polaroid que foi de seu pai, e um único filme, bem envelhecido, com cerca de 6 poses, que deveria durar por todo um semestre. Comecei a procurar uma mulher que fotografe em digital e tenha um grande, um enorme, um generoso cartão de memória.(EM para Offdomina)

Um comentário:

Amancio disse...

36 poses- bela performance
12 na 6x6 - feitas com mais cuidado
8 na Fuji - melhora da resolução
Filmes -sempre virgens, é claro!
Entre o click e a revelação que expectativa
Na banheira do revelador a emoção da imagem que surge

Fotos, talvez poucas, mas com certeza inesquecíveis,sem riscos e bem guardadas.

Cartão de memória...
Raw ou jpeg (compactar?)
Já veio formatado (por outro?)
Vai ser reformatado...
Tem que passar pelo Photoshop e as cores podem mudar..
No final um prrrr prrrr de uma impressora e aquela mensagem...

Acabou o toner!!!!